Inovações sempre trazem muitas dúvidas. Aqui iremos responder as questões mais comuns que recebemos de nossos clientes.


Qual o melhor modelo construtivo?

A construção a seco proporciona diversas vantagens em relação à construção convencional, como tempo de execução, redução de perdas e uso materiais mais leves e resistentes. A escolha pelo modelo deve ser feita se baseando inicialmente no que se quer construir, se o modelo atende as exigências arquitetônicas, curvas e vãos abertos, entre outras características. Alguns materiais proporcionam maior flexibilidade construtiva do que outros.


Tem diferença na fundação?

Sim, por serem estruturas leves e com distribuição uniforme de cargas, as construções a seco utilizam fundações mais simples, como o radier. Isso proporciona uma redução significativa, de tempo, material e custo de mão de obra.


Qual a durabilidade?

Neste tipo de obras todo componente passa a ser estrutural, resistindo a cargas verticais (telhados e andares superiores) e cargas horizontais (ventos). Toda a estrutura é amarrada de forma a travar o conjunto de paredes. O uso de placas de OSB, madeira tratada ou EPS,  confere à construção conforto e confiabilidade superior ao modelo tradicional. O acabamento externo e interno também adiciona elementos de proteção à estrutura, evitando exposição contínua e prolongada a agentes externos. O método construtivo a seco, pode durar tanto quanto ou mais que a alvenaria.


Quais as vantagens?

As vantagens são bem significativas.

Alta resistência e durabilidade;
Melhor conforto térmico e acústico;
Resistência à água e ao fogo;
Resistência a fungos e insetos;
Aceita qualquer tipo de acabamento;
Em relação ao Steel Frame, as soluções em Wood não necessitam de reforço estrutural para fixação de objetos suspensos e;
Fácil manutenção.